RSS Feed

..:: refletindo sobre o crescer (ou "o não")


"Você envelheceu ou cresceu este ano?

Envelhecemos sentados no sofá, envelhecemos ao viciar-nos na rotina, envelhecemos criando os filhos da mesma forma como fomos criados, sem levar em conta algumas novas necessidades, outras formas de ser feliz. Envelhecemos passando creme anti-rugas no rosto antes de dormir, envelhecemos malhando numa academia, envelhecemos nos queixando da tarifa do condomínio e achando que todo mundo é estúpido menos nós. Envelhecemos porque envelhecer é mais fácil do que crescer.

Crescer requer esforço mental. Obriga a tomadas de consciência. Exige mudanças. Crescer é a anti-repetição de idéias, é a predisposição para o deslumbramento, é assumir as responsabilidades por todos os nossos atos, os bem pensados e os insanos. Crescer dá uma fisgada diária no peito, embrulha o estômago, tem efeitos colaterais. Machuca.

Envelhecer não machuca. Envelhecer é manso, sereno. Envelhecer é uma apatia, um não-desempenho, um deixa pra lá, vamos ver o que acontece. O que acontece é que você fica mais velho e se considerando tão sábio quanto era anos atrás, anos que passaram iguais, sabedoria que não se renovou.

Crescer custa, demora, esfola, mas compensa. É uma vitória secreta, sem testemunhas. O adversário somos nós mesmos, e o prêmio é o tempo a nosso favor."

>> Martha Medeiros, em "Feliz Ano Novo", crônica do livro "Montanha-Russa". (que eu ganhei da Gábbi de aniversário, sorvi cada crônica como um carinho dela e um aprendizado meu, e indico)

**

ps01. pensei, pensei muito noite passada. E é triste ver que envelheço mais do que cresço - presa em "preguiças" das quais não consigo me livrar.


ps02. a foto é da Beatriz (aos 06 anos), minha sobrinha que daqui há 03 dias completa 10 anos de vida - e para a qual e com a qual tenho crescido. Porque a minha princesa, ah, meu Deus!, ela vale todo o esforço desse mundo.

Bjs e obrigada pelos muitos comentários sobre o poema.
Fiquei feliz em dividir meus novos versos com vocês,

Lathife Cordeiro

4 registraram seu vôo por aqui:

acqua disse...

Boa pergunta, mas eu sempre rejuvenço no outono e sempre envelheço no verão. Então digamos que acabei de trocar de casca e seja novinha em folha. Ok! Eu sei que o sentido não era esse, mas não tenho outro porque idade, crescimento, velhice tudo isso pra mim é algo que passa por nós e apenas fica se a gente deixar. Claro que crescemos um pouco mais todos os dias. Essa é a vantagem, o crescimento é obrigatório...
Beijos na tarde de outono!

Prix disse...

Acredito que no ano que terminou envelheci mais que cresci... triste fato. Mas sinto que estou crescendo esse ano. Estou.
E mesmo com o custo, demora, esforço... enfim... aprendi o quanto é bom crescer.

Bom blog!! Até!
=]

Luciana Andrade disse...

Sabe que esse teztinho veio bem a calhar.. Querida, todos nós crescemos mas também envelhecemos.. faz parte do ser humano....
Linda sua sobrinha,muitas felicidades para ela.
Beijos meus

.......Elegia............. disse...

Amei o crescer e evelhecer nem sempre juntos e em mesma proporção mas o acontecer inevitável dos dois lindooo esse pensamento .
Brigada borboletinha azul.
bjusssssssssssssssssss mil.